ENSAIO COM MARA E BRUNO

TRANCOSO E CARAÍVA BA 16 out 2020

Então, na areia, às margens daquele regato, entre a mata e o mar, os portugueses viram "homens que andavam pela praia, obra de sete ou oito". A um sinal do comandante-mor, os batéis e esquifes (barcos pequenos, tipo escaler) se dirigiram à nau capitânia para uma breve reunião. Logo após esta, Cabral decidiu enviar à terra o experiente Nicolau Coelho, que estivera na Índia com Vasco da Gama. Junto com ele seguiram Gaspar da Gama, "o judeu da Índia" - que além do árabe, falava os dialetos hindus da costa do Malabar -, mais um grumete da Guiné e um escravo da Angola. Os portugueses conseguiam reunir, assim, a bordo de um escaler, homens dos três continentes conhecidos até então, e capazes de falar seis ou sete línguas diferentes.
...
Sem descer do barco, Coelho jogou à praia um gorro vermelho, típico dos marujos lusos, um sombreiro preto e a carapuça de linho que usava na própria cabeça.

Os nativos retribuíram dando-lhe um cocar de penas de ave, compridas, com uma copazinha pequena "de penas vermelhas e pardas como de papagaios", além de um colar de contas brancas, talvez búzios, talvez pérolas miúdas. De certa forma, iniciava-se ali uma aliança entre aquela tribo e os portugueses.
...
Os indígenas com os quais Nicolau Coelho travou o primeiro contato eram, se saberia mais tarde, do grupo Tupiniquim. Pertenciam à grande família Tupi-Guarani, que, naquele início do século XVI, ocupava praticamente todo o litoral do Brasil. Os Tupiniquim eram cerca de 85 mil e viviam em dois locais da costa Brasileira: no sul da Bahia, da altura de Ilhéus até a foz do rio Doce (já no atual estado do Espírito Santo), e numa estreita faixa entre Santos e Bertioga, no litoral norte de São Paulo

Como os demais Tupi-Guarani, tinham chegado às praias do Brasil movidos não apenas por um impulso nômade, mas por seu envolvimento em uma ampla migração de fundo religioso. Partindo de algum ponto da bacia do rio Paraná, no território hoje ocupado pelo Paraguai (ainda que alguns estudiosos acreditem que o movimento talvez tenha começado na Amazônia), os Tupi-Guarani iniciaram uma longa marcha em busca da "Terra sem males". Liderados por "profetas" chamados de caraíbas -, eles haviam chegado à costa brasileira por volta do ano 1000 da Era Cristã.
(Eduardo Bueno)

ALBUM DIAGRAMADO

Todas as fotos

​© 2020 BY KARIB RIBEIRO. ALL RIGHTS RESERVED Orgulhosamente criado com  Wix.com